quinta-feira, 13 de fevereiro de 2020

Apresentação do livro de Armando González “Escolma Imposible (e incorrecta)” com música da fadista María do Ceo






5 de março, Centro Cultural Português do Camões , I.P. em Vigo
O Centro Cultural Português do Camões , I.P. em Vigo recebe a apresentação do livro de Armando González  “Escolma Imposible (e incorrecta)” e do disco “María do Ceo canta a Armando González”, que terá lugar no dia 5 de março, às 19h30, na nossa sala multiusos.
PROGRAMA DO EVENTO 
- Intervenções:  Xosé Ramon Pousa (jornalista, escritor, doutor em ciências da informação e autor do prologo), Armando González (autor do livro), Alberto Outeiriño (diretor do videoclip “Himno á Ribeira Sacra”), Maria do Ceo (compositora e interprete).
- Projeção do videoclip ” Himno á Ribeira Sacra “, como promoção à Candidatura a Património da Humanidade 2021.
- Maria do Ceo apresentará algumas canções do disco, acompanhada pelos seus músicos José Salgado e Alex Salgado.
- Venda de livros.

terça-feira, 11 de fevereiro de 2020

Visita de estudo à Serra da Estrela



Nos dias 6 e 7 de fevereiro, 30 alunos de 3º de ESO do IES Bioclimático de Badajoz, acompanhados por 3 professoras, fizeram uma visita de estudo à Serra da Estrela.
No dia 6, fizeram uma caminhada de cerca de 15km na Serra da Estrela, ficaram a conhecer alguma da fauna e da flora e desfrutaram das belas paisagens.
No dia 7, visitaram a cidade da Covilhã, falaram com alguns dos seus habitantes e fizeram trabalhos de grupo sobre a arquitetura, a arte urbana e a gastronomia.

Cáceres: Encontro literário com Lídia Jorge






No dia 12 de fevereiro, pelas 18h30, decorreu, no Salón de Actos da Biblioteca Pública de Cáceres, a sessão comentada de apresentação do romance “Estuário” de Lídia Jorge.
A escritora esteve acompanhada pela tradutora María Jesús Fernández, Feliciano Novoa da Editorial la Umbría y la Solana e Raquel Gafanha, leitora do Camões, IP na UEx.

https://www.instituto-camoes.pt/activity/o-que-fazemos/cultura-portuguesa/agenda/7794 

quarta-feira, 5 de fevereiro de 2020

MANUAIS ESCOLARES E AUXILIARES DE APRENDIZAGEM ADOTADOS / EPE ESPANHA ANDORRA 2019 / 2020



Espanha
Em Espanha, e em virtude de se tratar de ensino integrado, a adoção de manuais depende dos Centros Educativos espanhóis/autonómicos.

Andorra

Manuais escolares adotados
  • Carvalho, Maria João L., Zambujal, Isabel (2013) - Salpicos 2, Lisboa, Lidel
  • Carvalho, Maria João L., Zambujal, Isabel (2011) - Salpicos 3, Lisboa, Lidel
  • Carvalho, Maria João L., Zambujal, Isabel (2012) - Salpicos 4, Lisboa, Lidel
  • Ferreira, Ana Bayan (2015). Na Onda do Português 2, Lisboa, Lidel
  • Ferreira, Ana Bayan (2015). Na Onda do Português 3, Lisboa, Lidel
  • Malcata, Hermínia, Sousa, Renato (2016), Hoje em dia, Lisboa, Lidel
  • Leite, Susana, Andrade, Marla; Barreiros, Teresa (2018). Hora da História 1, Lisboa, Lidel

Auxiliares de aprendizagem adotados
  • AAVV (2015), Cultura e História de Portugal - volume 1, A2/B1, Porto, Porto Editora
  • AAVV (2015), Cultura e História de Portugal – volume 2, B2/C1, Porto, Porto Editora
  • Dicionário Ilustrado de Português Língua Não Materna (2007). Porto, Porto Editora.
  • Coimbra, Olga Mata (2014), Gramática Ativa 1, Lisboa, Lidel
  • Coimbra, Olga Mata (2014), Gramática Ativa 2, Lisboa, Lidel

Aberto o período de candidaturas aos cursos a distância do Centro Virtual Camões (2.º Semestre 2019/20)






Encontra-se a decorrer, até 12 de fevereiro de 2020 (inclusive), o período de candidaturas aos cursos a distância do Centro Virtual Camões para o 2.º semestre 2019/20. 


Todas as informações relativas aos cursos disponibilizados podem ser consultadas no endereço: 
https://www.instituto-camoes.pt/index.php?option=com_content&view=article&layout=edit&id=31038&fbclid=IwAR1c6axjdQBsIM4LZX76hID1J4MTKInt-mmRlXxs_oozmR1tk8tPj8LYu0c 

sexta-feira, 24 de janeiro de 2020

Ato de encerramento da exposição “Ecos do Fado na Arte Portuguesa”



Sexta-feira, 31 de janeiro, pelas 20h, terá lugar no Salón de Actos del Antiguo Magisterio de Cáceres, o ato de encerramento da exposição "Ecos do Fado na Arte Portuguesa" a cargo do grupo "Malquerer".
O grupo musical “Malquerer” é um claro exemplo de que não há fronteiras quando se trata de sentir a música. Este grupo cacereño dedica-se à interpretação, composição e divulgação do fado.
Nos seus concertos são interpretados fados tradicionais, bem como o chamado 'fado novo', no entanto o que mais os caracteriza é a interpretação e composição dos seus próprios fados, fados esses que nos falam de Lisboa, de alegrias inesperadas, de amores desgarrados… Música original feita por extremeños com saudade portuguesa, com matizes de guitarra clássica e contrabaixo, um som novo e uma nova forma de fazer fado a que eles gostam de chamar “Fado Fronterizo”.