quinta-feira, 20 de fevereiro de 2020

Entrevista aos atores da companhia de teatro “Caixa de Palco”


No dia 16 de dezembro, os alunos de 4º de ESO do IES San Fernando de Badajoz entrevistaram os atores da companhia de teatro “Caixa de Palco” no final da peça de teatro “Na Companhia de Sofia”.
A entrevista foi gravada para a rádio do instituto e pode ser ouvida no seguinte link:

Entrega de Diplomas de Certificação das Aprendizagens EPE e dos Certificados Camões Júnior em Pamplona.


Na passada sexta-feira, 14 de fevereiro, procedeu-se à entrega dos Diplomas de Certificação das Aprendizagens EPE e dos Certificados Camões Júnior aos alunos da rede do Ensino Português no Estrangeiro em Pamplona, na presença do Diretor Geral de Educação, Dr. Gil Sevillano e da Coordenadora da Rede do Ensino Português em Espanha e Andorra, Prof.ª Dra. Filipa Soares.

Durante a cerimónia de entrega, a orquestra de flautas do IES Caro Baroja, sob a direção de Marian Maeztu, deleitou os presentes com a interpretação de obras de Leonard Cohen e Georg Friedrich Händel.


 
 
Daniela Teles, Gil Sevillano e Filipa Soares junto à orquestra e aos alunos que receberam os diplomas.

 

Seguem links da notícia na imprensa:

XVI Maratona de Leitura em Língua Portuguesa

 
 
O CLP/C e o Centro Municipal de Juventud (Ayuntamiento de Cáceres) organizam, no próximo dia 21 de abril, na Praça de São Jorge (Cáceres), mais uma edição da Maratona de Leitura em Língua Portuguesa.
Literatura e viagem são duas palavras indissociáveis. É evidente que até o olhar menos atento consegue captar a relação existente neste binómio.
 
Ainda assim, se é certo que "Ler é viajar sem sair do lugar, voar sem ter asas, caminhar sem tirar os pés do chão, sonhar acordado, navegar em um mar de palavras, soltando a imaginação" (Alice Ferreira), também é certo que a literatura de viagens radica, por exemplo, na necessidade primordial de criar registos que estimulam a memória.
 
Através de um olhar descomprometido teoricamente, consideramos que a relação entre viagens e literatura é bastante profunda. Por exemplo, na literatura portuguesa acreditamos que remonta aos descobrimentos e às consequentes necessidades pragmáticas de criação de registos de viagem. 
A viagem como topos literário recorrente é também sinónimo da fecunda relação, seja como fundador do romance marítimo seja em desenvolvimentos temáticos que ocupam os vários géneros. Deste modo, a literatura assume um papel ora de agente de transformação ora de testemunha da mudança operada.
 
No âmbito das comemorações dos quinhentos anos da circum-navegação que transformou o mundo e num momento em que se revela imperioso alterar os paradigmas vigentes em prol de um desenvolvimento sustentável no quadro da Agenda 2030, o tema proposto para a XVI edição da Maratona de Leitura em Língua Portuguesa é “A viagem na literatura como forma de transformação”.
Trata-se de um tema amplo que permite a leitura de textos tão diferentes como Os Lusíadas de Luís Vaz de Camões, Peregrinação de Fernão Mendes Pinto, Auto da Índia de Gil Vicente, Onde a terra se acaba e o mar começa de Afonso Lopes Vieira, As naus de António Lobo Antunes, Navegações de Sophia de Mello Breyner Andresen, dando assim conta da panóplia de olhares que existem numa viagem.
 
Todas as leituras são bem-vindas! 

Ainda assim, deixamos algumas sugestões, entre as muitas possíveis:
 
·         Agualusa, José Eduardo. Um estranho em Goa
·         Agualusa, José Eduardo. Passageiros em trânsito
·         Agualusa, José Eduardo. Fronteiras perdidas
·         Cabral, Afonso Reis. Leva-me contigo
·         Alegre, Manuel. As naus do verde pinho
·         Peixoto, José Luís. O caminho imperfeito
·         Peixoto, José Luís. Dentro do segredo
·         Pessoa, Fernando. Mensagem
·         Cadilhe, Gonçalo. Nos passos de Magalhães
·         Cadilhe, Gonçalo. África acima
·         Cadilhe, Gonçalo. O esplendor do mundo
·         Saramago, José. A viagem do elefante
·         Saramago, José. Viagem por Portugal
·         Andresen, Sophia de Mello Breyner. Navegações
·         Antunes, António Lobo. As naus
·         Pinto, Fernão Mendes. Peregrinação
·         Vieira, Afonso Lopes. Onde a terra se acaba e o mar começa
·         Vicente, Gil. Auto da Índia
·         Camões, Luís Vaz. Os Lusíadas
·         Cruz, Afonso. Jesus Cristo bebia cerveja

Toda a informação sobre como participar pode ser consultada na página da maratona: 
http://maratonadeleitura.ayto-caceres.es/ 
 
DATAS IMPORTANTES
 
-  ENVIO DE VÍDEOS ATÉ: 03 DE ABRIL
-  DIA DA MARATONA: 21 DE ABRIL
 
Fonte:
 

quarta-feira, 19 de fevereiro de 2020

Lídia Jorge em Plasencia e Cáceres

 
 
Nos dias 11 e 12 de fevereiro, a escritora Lídia Jorge esteve em Plasencia, no âmbito do projeto "Aula Literaria" da Associação de Escritores Extremenhos e que conta com a colaboração do Camões, IP, através do CLP/C na UEx. A autora participou em duas sessões: uma aberta à sociedade civil (com cerca de 60 pessoas) e outra destinada à comunidade académica (público adolescente e jovem - cerca de 150 alunos).
Em Cáceres, no dia 12 de fevereiro, a escritora participou num encontro literário de apresentação do último romance "Estuário", com cerca de 50 pessoas. Este encontro foi promovido pelo CLP/C na UEx, em colaboração com a Área de Filologias Galega e Portuguesa da UEX e a Biblioteca Pública de Cáceres.
 
 
 

quinta-feira, 13 de fevereiro de 2020

Apresentação do livro de Armando González “Escolma Imposible (e incorrecta)” com música da fadista María do Ceo






5 de março, Centro Cultural Português do Camões , I.P. em Vigo
O Centro Cultural Português do Camões , I.P. em Vigo recebe a apresentação do livro de Armando González  “Escolma Imposible (e incorrecta)” e do disco “María do Ceo canta a Armando González”, que terá lugar no dia 5 de março, às 19h30, na nossa sala multiusos.
PROGRAMA DO EVENTO 
- Intervenções:  Xosé Ramon Pousa (jornalista, escritor, doutor em ciências da informação e autor do prologo), Armando González (autor do livro), Alberto Outeiriño (diretor do videoclip “Himno á Ribeira Sacra”), Maria do Ceo (compositora e interprete).
- Projeção do videoclip ” Himno á Ribeira Sacra “, como promoção à Candidatura a Património da Humanidade 2021.
- Maria do Ceo apresentará algumas canções do disco, acompanhada pelos seus músicos José Salgado e Alex Salgado.
- Venda de livros.

terça-feira, 11 de fevereiro de 2020

Visita de estudo à Serra da Estrela



Nos dias 6 e 7 de fevereiro, 30 alunos de 3º de ESO do IES Bioclimático de Badajoz, acompanhados por 3 professoras, fizeram uma visita de estudo à Serra da Estrela.
No dia 6, fizeram uma caminhada de cerca de 15km na Serra da Estrela, ficaram a conhecer alguma da fauna e da flora e desfrutaram das belas paisagens.
No dia 7, visitaram a cidade da Covilhã, falaram com alguns dos seus habitantes e fizeram trabalhos de grupo sobre a arquitetura, a arte urbana e a gastronomia.

Cáceres: Encontro literário com Lídia Jorge






No dia 12 de fevereiro, pelas 18h30, decorreu, no Salón de Actos da Biblioteca Pública de Cáceres, a sessão comentada de apresentação do romance “Estuário” de Lídia Jorge.
A escritora esteve acompanhada pela tradutora María Jesús Fernández, Feliciano Novoa da Editorial la Umbría y la Solana e Raquel Gafanha, leitora do Camões, IP na UEx.

https://www.instituto-camoes.pt/activity/o-que-fazemos/cultura-portuguesa/agenda/7794